Fator R do Simples Nacional – Como calcular?

Descubra O Que E O Fator R No Simples Nacional E Como Calculalo Post (1) - Quero montar uma empresa
De acordo com a Lei Complementar Nº 155 de 2016, sua empresa pode mudar de uma alíquota de 15% para 6%, utilizando do Fator R!

Compartilhe nas redes!

Entenda como economizar a sua alíquota de impostos mensais, usando o Fator R

De acordo com a Lei Complementar Nº 155 de 2016, sua empresa pode mudar de uma alíquota de 15% para 6%, utilizando do Fator R!

Nós sabemos que, na hora de pagar os impostos, o Simples Nacional faz jus ao nome e simplifica a nossa vida, por meio do seu documento de arrecadação de tributos (DAS).

Contudo, antes disso, quando falamos da apuração e cálculo desses impostos, as coisas não são tão Simples assim…

Na verdade, se você não tiver a atenção necessária com todas as variáveis que impactam a sua apuração de impostos, pode acabar pagando mais do que o necessário, apenas para se manter em regularidade – mas sem fazer um efetivo aproveitamento fiscal.

Desse modo, uma dessas variáveis de maior impacto surgiu em 2016 e é o que chamados de fator R do Simples Nacional!

Portanto, caso você queira descobrir do que ela se trata, como calculá-la e – o mais importante para você – como reduzir uma alíquota de 15% para 6%, continue conosco neste artigo, porque vamos responder todas essas questões…

O que é o Fator R do Simples Nacional?

Fator R é a nomenclatura de um cálculo realizado de maneira mensal, utilizado para determinar se a empresa será tributada no Anexo III ou no Anexo IV do Simples Nacional, com base do percentual de receita bruta investida na folha de pagamento dos funcionários e sócios.

Desse modo, a depender do resultado atingido, você poderá ter seus rendimentos do mês tributados por tabelas diferentes, sendo que uma – o Anexo III – oferece, na maioria das suas faixas salariais, alíquotas menores do que a outra – o Anexo IV.

Como calcular o Fator R?

Portanto, agora que já sabemos do que se trata, vamos à fórmula de cálculo…

Basicamente, para calcular o Fator R, você precisa dividir todos os seus investimentos com folha de pagamento (incluindo pró-labore) dos últimos 12 meses pela receita bruta da empresa dos últimos 12 meses.

Dessa forma, temos a seguinte fórmula:

Fator R = Folha de Pagamento + Pró-labore / Receita Bruta

Tudo apurado no mesmo período de 12 meses.

Como pagar menos impostos com o Fator R?

Bom, agora que já sabemos o que ele é e como calculá-lo, vamos entender como você pode pagar menos impostos, fazendo uso do Fator R…

Portanto, como vimos, a depender do resultado do cálculo, sua empresa será tributada em uma tabela do Simples diferente – o Anexo III ou Anexo V…

Assim, esse resultado é determinado pelos 28% do Fator R, ou seja, caso “Folha de Pagamento + Pró-labore / Receita Bruta = 0,28” sua empresa poderá deixar de ser tributada no Anexo V e ir para o Anexo III, pagando menos impostos.

A lógica é a seguinte, nos casos onde o Fator R foi igual ou superior a 28%, você cai para o Anexo III e nos casos onde o Fator R foi menor a 28%, você cai para o Anexo V.

Contudo, você não precisa se preocupar com esses cálculos, basta apenas estar ciente de que é possível reduzir seus impostos com um bom planejamento!

E é exatamente isso que nós podemos fazer por você!

Fale com um de nossos especialistas hoje mesmo!

Fonte: Abrir Empresa Simples

Classifique nosso post post

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Autônomo Precisa Declarar Imposto De Renda - Contaje Soluções Empresariais

Autônomo precisa declarar imposto de renda?

O profissional autônomo precisa declarar imposto de renda assim como as outras pessoas? Ao chegar à época da declaração do IR é comum que as pessoas queiram saber quem deve ou não declarar a sua renda ao Leão da Receita

Empresa Precisa De Contador - Contaje Soluções Empresariais

Porque uma empresa precisa de contador?

Toda empresa precisa de contador para resolver as pendências que são envolvidas tanto com abertura quanto o funcionamento de um negócio. Como, por exemplo, cálculo de impostos, pagamentos, regime de tributação e entre outras. Todas as essas tarefas devem ser

Contabilidade Para Médicos Em São Paulo - Contaje Soluções Empresariais

Contabilidade para médicos em São Paulo

Procura um serviço de contabilidade para médicos em São Paulo? Então, sejam Bem-Vindo à Contaje Soluções Contábeis. Somos um escritório contábil especializado em contabilidade para médicos e entre outras profissões específicas como advogados, psicólogos e entre outros. Se você é

Tributação Para Clínica De Estética - Contaje Soluções Empresariais

Tributação para clínica de estética: como funciona?

A tributação para clínica de estética é algo que preocupa quem deseja abrir um estabelecimento como esse.  O sistema de tributação é uma das partes mais importantes de um negócio. Então, o empresário precisa entender qual deles é mais adequado

Quais Impostos O Psicólogo Precisa Pagar - Contaje Soluções Empresariais

Quais impostos o psicólogo precisa pagar?

Para saber quais impostos o psicólogo precisa pagar primeiramente é importante entender em quais categorias o profissional irá trabalhar.  Como, por exemplo, CLT, autônomo ou microempreendedor, cada uma das opções cobra impostos diferentes. O pagamento dos impostos é muito importante

Recomendado só para você
Seja por redução de gastos ou expansão, é comum que…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top